Blackmagic lança ATEM Television Studio Pro HD

nabshow-blackmagic-design

A Blackmagic Desing aproveitou a NAB Show 2017 para apresentar seu mais novo switcher de produção, o ATEM Televsion Studio Pro HD. O produto promete ser um sistema tudo em um com capacidade para oito entradas, multiview, saídas PGM e auxiliares, entradas analógicas de áudio, dois media players em flash drive, transições e DVE para efeitos. Além das features, outro ponto que chama atenção é o preço anunciado: a partir de US$ 2.295.

O sistema traz um painel de controle em hardware junto com o switcher de oito entradas (4 SDI e 4 HDMI), todas com re-sync de forma a utilizar em conjuntos câmeras broadcast e câmeras de consumo, computadores e até mesmo consoles de video game. O novo ATEM é compatível com todos os formatos SD e HD até 1080p60 e também traz dois canais analógicos de áudio, RS-422, Ethernet. Os usuários podem fazer o multiview tanto em SDI como em HDMI.

O ATEM Television Studio Pro HD é extremamente compacto e traz diversas capacidades para programação ao vivo, como efeitos e transições. O painel de controle tem botões iluminados para corte, botões de áudio, botões para transição, keyers, fade to black, media player, botões de switching e mais. O sistema ainda traz uma tela LCD incorporada para prever a fonte e vídeo pgm.

Junto com as câmeras Blackmagic Studio e URSA Mini, os usuários conseguem uma solução remota completa que inclui talkback, tally, correção de cor, controle de câmera, etc. Ainda podem ser feitos controles de parâmetros de lente, como foco e Íris, alterar configurações da câmera ou mesmo controle completo em câmeras PTZ.

A Blackmagic incluiu uma versão software do painel de controle compatível com Mac e PC para que múltiplos usuários possam realizar controle conjunto do ATEM. Este tipo de uso pode ser usado, por exemplo, para um usuário responsável pelo corte, enquanto outro controla as câmeras e um terceiro se encarrega das transições.

DaVinci Resolve
Outra grande novidade anunciada no evento é a nova versão 14 do DaVinci Resolve, que agora ampliou as capacidades de edição do software e adicionou uma suite completa de pós-produção de áudio. Esta nova ferramenta para trabalhar o som é fruto da mais recente aquisição da Blackmagic, a Fairlight, que foi anunciada em 2016 durante o IBC.

Com esta nova ferramenta, o sistema passa a ser um software três em um com capacidade de edição colaborativa, pós-produção de áudio incluindo capacidades Surround e Atmos e a correção de cor pela qual já era famoso. O software é gratuito para usuários que já possuem o DaVinci Resolve ou o DaVinci Resolve Studio. Para aquisição a Blackmagic anunciou uma queda de preço para US$ 299.

 

Fonte: Panorama Audiovisual

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *