Pesquisa da Ericsson indica que 50% do consumo de vídeo no mundo será mobile em 2020

pesquisa-da-ericsson-indica-que-50-do-consumo-de-video-no-mundo-sera-mobile-em-2020-10-10-2017-13-22-23-933

A Ericsson divulgou a oitava edição da sua pesquisa ConsumerLab TV and Media Report sobre os hábitos de consumos de conteúdos pela televisão e pelas novas mídias. Segundo a empresa, em 2020, 50% do conteúdo de vídeo no mundo será mobile, um crescimento de 85% desde 2010. O smartphone em específico será ainda mais representativo, representando um quarto do total. Ao todo, hoje, 70% das pessoas afirmam que já assistem vídeos em smartphones, o dobro do que era em 2012.

De acordo com a pesquisa, os entrevistados gastam uma média de 30 horas por semana consumindo conteúdos em vídeo, seja ele via broadcast, VOD, por download ou gravado. A média foi cerca de uma hora a mais ou 13% a mais em relação ao ano passado.

O conteúdo sob demanda também cresce, com 60% das pessoas afirmando preferir esse tipo de consumo em relação ao tradicional. A média de serviços de VOD utilizados chega a 3,8 por pessoa, sendo que 32% pretende elevar esse número até o próximo ano. 60% dos entrevistados também considerou o conteúdo como fator muito importante na hora de assinar um novo serviço.

Os consumidores esperam ainda conferir novos conteúdos de realidade virtual , com cerca de um terço deles tendo potencial para serem usuários de VR em 2020. Porém o preço ainda é um impedimento para 55% das pessoas, enquanto metade ainda espera uma oferta dmaior de conteúdo nessa modalidade.

A pesquisa coletou dados de 20 mil entrevistas online com pessoas entre 16 e 69 anos de 13 países: Brasil, Canadá, China, Alemanha, Estados Unidos, Itália, Rússia, Índia, Coreia do Sul, Espanha, Suécia, Taiwan e Reino Unido.

Todos eles possuem uma conexão de internet banda larga e assistem a televisão ou vídeos online pelo menos uma vez por semana. Uma pesquisa qualitativa também foi conduzida em realidade virtual com 12 usuários de VR que falam inglês.

Confira mais sobre a pesquisa aqui.

Fonte: Panorama Audiovisual

Novo padrão IP SMPTE ST 2110 é homologado e publicado no IBC 2017

SMPTE

Com o novo padrão, é possível sincronizar e carregar sinais de streams a partir de diversas fontes sem que seja necessário codificar os elementos a cada etapa do processo

Durante o IBC 2017, foi homologado e publicado o primeiro padrão de tráfego de vídeo por IP em instalações broadcast, o SMPTE ST 2110. Com isso, fica especificado um novo padrão para carregamento, sincronização e descrição de streams de IP separados em tempo real para a produção ao vivo, playout e outras aplicações profissionais.

O padrão busca não apenas tratar de uma substituição de cabos. Ela trata de diferenciar os sinais de áudio, de vídeo, metadados, a forma como trafegam e como são roteados e retirados da transmissão. Dessa maneira, não é preciso codificar e decodificar todos os sinais de monitoramento de áudio, vídeo, dados auxiliares ou de gráficos a cada etapa do processo.

Com isso, se torna mais fácil adicionar legendas e closed-captions, por exemplo, a partir do processamento de múltiplas línguas e variedades. Cada elemento pode ser roteado separadamente e trazido de volta para o destino final. Cada componente de uma transmissão se torna sincronizado rapidamente.

Com o padrão, o tráfego dentro de uma empresa pode ser todo por IP, possibilitando que as organizações confiem em apenas uma infraestrutura de data center ao invés de duas instalações separadas para switching e roteamento IP e SDI. A fundação do primeiro padrão SMPTE ST 2110 surge a partir da Recomendação Técnica para Transporte de Streams de Mídia Descompressados Sob IP (TR-03) da Video Services Forum.

O novo SMPTE ST 2110 foi exibido no IP Showcase do IBC 2017, em que a SMPTE se juntou a outras organizações como Audio Engineering Society (AES), Alliance for IP Media Solutions (AIMS), Advanced Media Workflow Association (AMWA), European Broadcasting Union (EBU), IABM, Media Networking Alliance (MNA) e Video Services Forum (VSF). Lá os profissionais puderam conhecer mais e entender os benefícios desse novo padrão.

Fonte: Panorama Audiovisual 

O impacto da inteligência artificial na mídia

inteligencia-artificial-na-midia

É consenso entre os CTOs de alguns dos maiores grupos de mídia do mundo que a nova tecnologia que trará mais impacto ao setor não se relaciona diretamente à definição de imagem e áudio, mas ao trabalho de suporte à produção e à programação: é a inteligência artificial. Para o CTO da Liberty Global, Balan Nair, a inteligência articial estará em todos os aspectos das operações dos grupos de mídia. Hoje, diz, 15% do trabalho é realizado por inteligência artificial. O percentual deve chegar a 50% em cinco anos, aponta. Segundo ele, a inteligência artificial é mais importante sobretudo nas interações com o consumidor. Um exemplo dessa inteligência é o uso de algorítimos para sugerir conteúdos ao consumidor.

Nair diz que há incontáveis processos na gestão de consumidores que são ou pode ser feitos sem a necessidade de humanos, sem que os consumidores percebam isso. A demanda por humanos se dará nas poucas interações mais complexas.

Outo uso para a inteligência artificial, diz o CTO da News Corp, Latha Maripuri, é para a publicidade. Para ele, a inteligência artificial já se mostrou eficiente na publicidade digital e a tendência é ampliar o seu uso. Maripuri diz que sua equipe hoje procura formas de integrar ainda mais as máquinas com ferramentas de aprendizado supervisionado por humanos nesta área.

Fonte: Tela Viva

AJA lança novo conversor/sincronizador de frames de HDR e WCG na IBC

frames-de-HDR-e-WCG-na-IBC

O novo FS-HDR oferece transformação HDR em tempo real assim como para 4K/HD, com conversão up, down e cross

A AJA Video Systems lançou o novo FS-HDR, um sincronizador de frames/conversor com 1RU para transformação HDR em tempo real assim como para 4K/HD, com conversão up, down e cross. O produto entrega conversão HDR e WCG e capacidade de processamento para fluxos de trabalho 4K/UltraHD/2K/HD HDR

Com a tecnologia de sincronização e conversão da empresa com base em algoritmos de processamento de vídeo e de cor, o FS-HDR oferece processamento com baixa latência e fidelidade de cor que os ambientes de broadcast, OTT, pós-produção e ProAV exigem. A solução oferece dois modos para conversão de sinal geral e permite aos usuários também converter uma série de formatos Log para padrões de HDR.

O modo de canal simples com suporte extenso para HDR e WCG e processamento 4K/UltraHD/2K/HD/SD oferece conversão up, down e cross, incluindo conversão down em tempo real de 4K/UltraHD HDR para HD HDR ou SDR. O modo de quatro canais permite aos usuários simultaneamente aplicar até quatro transformações HDR ou SDR para um sinal 2K/HD de saída ou aplicar transformações para quatro sinais separados de 2K/HD para saída simultânea.

“Como as expectativas por alta qualidade de conteúdo continuam a crescer, a produção ao vivo, broadcast e profissionais de pós e de ProAV estão abraçando o HDR para atender a essa demanda. O FS-HDR proporciona flexibilidade para conversão entre os padrões e formatos HDR e SDR sem banda extra ou reforma de infraestrutura”, disse o presidente da AJA, Nick Rashby. “Trabalhando com a Colorfront, nós criamos uma solução para os fluxos de trabalho HDR/WCG que torna fácil a adaptação para um grande números de cenários atuais”, afirmou.

 

Fonte: Panorama Audiovisual

Canon apresenta nova câmera mirrorless M100 com resolução de 24,2MP

câmera-mirrorless

O lançamento possui alta capacidade de disparos contínuos e de captar riqueza de detalhes em diferentes situações

A Canon exibiu ao mercado a sua nova câmera mirrorless M100, que substitui a M10 e possui resolução 24,2MP e o processador Digic 7 que promove disparos contínuos de quatro quadros por segundo e, que segundo a empresa, é capaz de captar elementos com riqueza de detalhes até mesmo quando o zoom for feito ou em situações de baixa luminosidade.

Com ISO de 100 a 25.600, adequada para situações de baixa luminosidade, a câmera possui o sistema dual-pixel que agiliza o processo de foco automático. Também é possível realizar vídeos em Full HD 60fps, o que ainda fica abaixo da concorrência que já aposta em diversas câmeras 4K. Já as fotos são tiradas nos formatos RAW de 14 bits e em JPEG simultaneamente.

Com uma tela touchscreen LCD de 3 polegadas, o lançamento possui uma interface intuitiva e que pode realizar ajustes pré-configurados de acordo com cada situação para facilitar a vida do usuário.

A câmera é compatível com a série EF-M de lentes, que conta com sete diferentes modelos,e pode funcionar em lentes EF e EF-S com um adaptador. O produto possui GPS, Wi-FI, recurso de NFC, Bluetooth, permitindo visualizar e transferir imagens remotamente por meio do aplicativo Canon Camera Connect, além de compartilhamento nas redes sociais.

 

Fonte: Panorama Audiovisual

Exibidores TV Play e TV Link conquistam visitantes da SET EXPO 2017

SET-EXPO-VIDEOMART

A Videomart esteve presente na SET EXPO 2017 com toda sua linha de produtos. Nos três dias do maior evento de conteúdo e mídia da América latina os sistema de maior destaque foram os exibidores da linha TV Play. Dividido em quatro modelos, cada exibidor atende a um tipo de necessidade, o que todos tem em comum é a praticidade e a interface intuitiva, além da robustez do sistema.

Outros modelos que fizeram muito sucesso dentre os visitantes foi o Link bidirecional para emissora de TV Link. O TV LINK é um sistema que permite o enlace bidirecional para televisão através de IP. O TX é o módulo remoto de transmissão, que acompanha a equipe externa de reportagem, e o RX é o módulo local de recepção, que fica dentro do canal de televisão. Com o TV Link é possível uma entrada ao vivo com um latência de menos de 0,5 segundo. O Shift-Play também foi bastante requisitado por visitantes de emissoras com diferença de fuso-horário. Este sistema é o mais novo lançamento da Videomart, o Shift Play é um sistema de Time Delay com recursos avançados de ingest, edição e playout, o que permite a edição da grade de programação a ser transmitida pela rede.

Para conhecer cada sistema da linha Videomart visite a página: www.videomart.com.br/solucoes-broadcast-videomart/

 

NASA, Facebook e Twitter realizam streaming ao vivo no eclipse solar nos Estados Unidos

streaming-ao-vivo-nasa

Fenômeno acontece nesta segunda-feira (21), às 14 horas (em Brasília) e contarão com estrutura de satélites, balões, drones e câmeras em 4K e 360º para transmissão

 O site da NASA realizará um streaming ao vivo para transmitir o eclipse solar ao vivo na próxima segunda-feira (21), a partir de 14 horas (horário de Brasília). A transmissão também será realizada na página da Nasa no Facebook. A rede social promoverá uma transmissão em 360º e 4K da cidade de Charleston, na Carolina do Sul, Estados Unidos, e exibirá ao público diversos efeitos e filtros e possibilidades de interação. O Twitter anunciou que também exibirá o conteúdo ao vivo por meio de uma parceria com o Weather Channel.Para a live, serão utilizados 11 satélites ao redor do planeta, sendo três deles da própria Nasa, 50 balões de alta altitude, drones, uma nave espacial e uma equipe de astronautas que estarão na Estação Espacial Internacional para oferecer diferentes testemunhos e perspectivas do fenômeno raro.

Segundo o Facebook, “os Estados Unidos experimentarão o primeiro eclipse solar total de costa a costa em 99 anos, tornando este o evento astronômico mais importante na era das redes sociais”.

O streaming acompanhará a sombra da lua da costa oeste para a leste dos Estados Unidos (até que o sol fique completamente bloqueado) a partir de imagens feitas das cidades Idaho, Illinois, Missouri, Nebraska, Kentucky, Oregon, Carolina do Sul, Tennessee e Wyoming. O evento será acompanhado pelos metereologistas Ari Sarsalari e Domenica Davis com comentários ao vivo.

Acompanhe a transmissão pelo site especial da NASAFacebookWeather Chennel ou Twitter.

 

Fonte: Panorama Audiovisual

Conheça as novas implementações no gerador de caractere da linha Videomart

O gerador de caractere é uma ferramenta imprescindível para oferecer dinamismo às transmissões ao vivo. A Videomart possui integrado em seus  4 modelos de exibidores e também no Shift Play, um GC robusto com recursos avançados que permitem ao usuário Inserção de gráficos Multilayer, Edição de atributos do caractere (fonte, cor, tickers), Criação de movimento de texto Scroll e Roll e a Inserção de gráficos (BMP, JPG, TGA, PNG, GIF entre outros).

Confira as implementações do Gerador de caractere da Videomart:

1. SEQUENCIA ANIMADA DE EVENTOS

 A nova atualização dos sistemas o GC passou a conter recursos de animação e a possibilidade de trabalhar com camadas independentes no painel de transmissão, o que permite a comutação de imagens independentes no momento da execução da playlist.

A partir dessas atualizações  será possível ao usuário criar uma sequência de eventos com diversas imagens, como por exemplo, nome do filme, parte de filme e logo da emissora, permitindo a configuração da velocidade, fade, e alteração no posicionamento de entrada e saída.

2.  CONFIGURAÇÃO DE POSICIONAMENTO DO GC

Um outro recurso incorporado ao sistema, é a possibilidade de presets de posicionamento do GC, facilitando o alinhamento de uma determinada sequência de animação. Com essas atualizações será possível à emissora criar uma rotina de exposição dos caracteres.

3. SHADOW NA COMPOSIÇÃO

Agora é possível a inclusão de um efeito de sombreamento na composição, com inclusão de um efeito shadow, permitindo o deslocamento da sombra.

4. ROTAÇÃO DE GRÁFICOS

Agora é possível a rotação de gráficos na área de trabalho do Gerador de caractere, oferendo uma maior versatilidade na composição.

5. VINCULAÇÃO DE LOGO A CLIPES

Agora é possível vincular um caractere a um determinado clipe. Permitindo, por exemplo, automatizar inclusão de faixa etária indicativa para um determinado filme,

6. INCLUSÃO CLIPES DE ÁUDIO

Agora é possível incluir áudio em um determinado caractere. Por exemplo, uma logo que tenha uma assinatura sonora.

7. POSSIBILIDADE AGRUPAMENTO DE ELEMENTOS

Agora é possível o agrupamento de múltiplos elementos em um único grupo, facilitando o posicionamento de composições que envolvam múltiplos gráficos.

Para maiores informações entre em contato com a VIDEOMART, através do PABX (21) 2142-1300 ou [email protected]

Matrox passa a oferecer suporte nativo de seus codificadores ao Facebook e YouTube Live

matrox-live

A Matrox Video anunciou que seus dois codificadores de gravação e streaming profissionais Monarch HD e Monarch HDX passam a oferecer suporte nativo para as plataformas de streaming de vídeo Facebook Live e YouTube Live.

Ao simplesmente copiar um código de acesso do software de de controle Command Centre do Monarch e colá-lo na respectiva conta de Facebook ou YouTube, o usuário pode realizar o streaming diretamente para seus seguidores com o clique de um mouse ou o toque de um botão.

“A Matrox tem realizado grandes contribuições para o streaming e as gravações desde o lançamento da família de produtos Monarch quatro anos atrás”, disse Francesco Scartozzi, diretor de vendas de vídeo para as Américas da Matrox. “Ao mesmo tempo, o vídeo ao vivo nas plataformas de redes sociais tem se mostrado um meio de comunicação poderoso. Com essa atualização significativa para os codificadores, os usuários podem realizar o stream de seu conteúdo de maneira rápida e fácil para a rede social de sua escolha”, explicou.

O Monarch HD é ideal para instalações simples em que um cabo HDMI pode ser utilizado para a live pelo Facebook ou pelo YouTube por meio de protocolos IP. Enquanto o streaming é realizado, uma versão em alta qualidade pode ser armazenada em um cartão SD, um pen drive ou uma unidade de rede para edição posterior.

O firmware com a integração com as duas redes sociais estão disponíveis para download gratuito para usuários registrados no site da Matrox

 

Fonte: Panorama Audiovisual