Esportes na internet: transmissão online cresce no País

transmissão-online-cresce-no-País

Com a redução do espaço na TV, Facebook e YouTube se tornam alternativa para diversas modalidades

A transmissão do clássico entre Atlético-PR e Coritiba pelo YouTube e pelo Facebook no dia 1.º de março foi só a chegada, ao futebol brasileiro, de um novo momento que já atinge vários esportes no País. Os jogos exibidos em streaming chegaram no mês passado à Superliga de Vôlei e crescem de forma exponencial no Novo Basquete Brasil (NBB) e na Liga de Basquete Feminino (LBF). As confederações de atletismo e natação também apostam no aumento das transmissões online numa época em que o espaço para as modalidades olímpicas na TV está em queda.

O vôlei teve a transição mais radical. Em 8 de fevereiro, quando nenhum jogo foi transmitido pela tevê, o Sesi planejava exibir online o seu jogo com o Montes Claros. Foi impedido e o campeão olímpico Murilo reagiu no Twitter à proibição: “Os próprios patrocinadores deveriam questionar essa proibição da CBV, porque estão perdendo exposição de suas marcas”.

O caso ganhou repercussão e a CBV agiu rápido: 15 dias depois, transmitia pela primeira vez uma partida no Facebook. O duelo entre Vôlei Nestlé e Praia Clube foi assistido por 103 mil pessoas, com pico de audiência de 5.452 espectadores. Desde então, em duas semanas, foram cinco partidas exibidas.

Fonte: Estadão Esportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *