Sony anuncia a aquisição da Crispin

sony-panorama-audiovisual

Desenvolvedora de controle de mestre de automação e soluções de MAM agora faz parte da fabricante japonesa

 Alan DeVaney, CEO da Crispin

Com sua tradicional conferência de imprensa da NAB Show acontecendo dentro de seu estande este ano, a Sony anunciou diversas atualizações de serviços e produtos e a aquisição da desenvolvedora Crispin. A empresa, que já vinha trabalhando em parceria com a fabricante japonesa, é especializada em controle mestre de automação e MAM e deve passar a fazer parte do portfólio dos serviços em nuvem da Sony.

A aquisição deve permitir a ambas empresas combinar suas respectivas expertises nos fluxos de trabalho broadcast e de produção para oferecer à seus clientes uma solução turn-key para distribuição e gerenciamento de mídia. A Sony trabalhou em diversos projetos de forma integrada com a Crispin, sobretudo no que dizia respeito à automação do processo de distribuição de mídia em diferentes cadeias.

Em termos de produtos, não houve grandes lançamentos, tendo a fabricante focado mais em atualizações de seus firmwares de produtos e ampliação de seus serviços. A novidade que chamou mais atenção foi a funcionalidade XDCAM Air, que leva todo o workflow de ENG para a nuvem, desde a captura das imagens até a pós-produção, usando conexões LTE ou Wifi para as câmeras. O sistema ainda permite o uso de smartphones integrados ao fluxo de trabalho broadcast enviando streams de alta qualidade direto dos dispositivos móveis.

Rede Globo
Além dos principais produtos e linhas da empresa, o estande da Sony está com uma imensa tela de Ultra Alta Definição e capacidade de reprodução 120p com demonstrações de produtos captados com câmeras Sony em diversos lugares do mundo, uma delas, uma filmagem especial do Carnaval do Rio de Janeiro de 2017. “Fizemos um acordo com a Rede Globo para colocar duas F-65 gravando em 120p 15 minutos de cada escola de samba. Foi feita uma edição e agora estamos exibindo o resultado aqui, que é uma imagem incrível, devido a sofisticação do vídeo e a quantidade de cores e qualidade do trabalho”, afirmou Luiz Padilha, VP da Sony para América Latina.

Além disso, de acordo com Padilha, a Sony usou dois protótipos dos novos conversores HDR C-4000, que funcionam adequando diferentes padrões HDR para realizar uma transmissão em circuito interno ao vivo em 4K HDR. “Foi um trabalho em circuito fechado, mas já foi possível sentir o potencial deste tipo de aplicação para broadcast ao vivo”, afirmou o executivo.

 

Fonte: Panorama Audiovisual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Assine a nossa newsletter!